Terça-feira XVIII do Tempo Comum

Evangelho Mt. 14, 22-36

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

Depois de ter saciado a fome à multidão, Jesus obrigou os discípulos a subir para o barco e a esperá-l’O na outra margem, enquanto Ele despedia a multidão. Logo que a despediu, subiu a um monte, para orar a sós. Ao cair da tarde, estava ali sozinho. O barco ia já no meio do mar, açoitado pelas ondas, pois o vento era contrário. Na quarta vigília da noite, Jesus foi ter com eles, caminhando sobre o mar. Os discípulos, vendo-O a caminhar sobre o mar, assustaram-se, pensando que fosse um fantasma. E gritaram cheios de medo. Mas logo Jesus lhes dirigiu a palavra, dizendo: «Tende confiança. Sou Eu. Não temais». Respondeu-Lhe Pedro: «Se és Tu, Senhor, manda-me ir ter contigo sobre as águas». «Vem!» – disse Jesus. Então, Pedro desceu do barco e caminhou sobre as águas, para ir ter com Jesus. Mas, sentindo a violência do vento e começando a afundar-se, gritou: «Salva-me, Senhor!». Jesus estendeu-lhe logo a mão e segurou-o. Depois disse-lhe: «Homem de pouca fé, porque duvidaste?». Logo que subiram para o barco, o vento amainou. Então, os que estavam no barco prostraram-se diante de Jesus, e disseram-Lhe: «Tu és verdadeiramente o Filho de Deus». Depois fizeram a travessia e vieram para terra em Genesaré. Os homens do lugar reconheceram Jesus e mandaram avisar toda aquela região. Trouxeram-Lhe todos os doentes
e pediam que os deixasse tocar ao menos na orla do seu manto. E quantos lhe tocaram foram completamente curados.

Palavra da salvação.


Lectio

Jesus não fazia milagres por fazer... Em todos eles há um ensinamento que nos transmite ainda que de forma subjetiva. Lê o Evangelho de hoje que dá continuidade ao de ontem... A vida de Jesus é como um livro que vai crescendo em continuidade até ao clímax final.

Meditatio

Depois do milagre da multiplicação dos pães, Jesus volta a retirar-se. Encontra-se novamente com o Pai enquanto os discípulos seguem sozinhos no barco. No meio da tribulação, Jesus caminha pelas águas para ir ao seu encontro. Dando o exemplo aos discípulos, pede-lhes que confiem n’Ele, mas à mínima provação os apóstolos têm medo... Quantas vezes fraquejamos também nós? Quantas vezes não vemos esse Jesus que caminha em direção a nós por muito difíceis que sejam as circunstancias? Serias capaz de caminhar sobre as águas em direção a ele? De coração aberto procura refletir sobre estas e essoutras questões que te surgiram ao ler o Evangelho.

Oratio

Chegou a altura de conversares com Deus, abre-lhe o coração e fala abertamente com Ele sobre aquilo que meditaste antes.

Contemplatio

Quando quiseres, termina este tempo de oração a partir da Sagrada Escritura, colocando uma gravação do som do mar e meditando no Evangelho de hoje.

Marcações: Lect'Yo

Imprimir Email

Cristo Jovem - Pastoral Juvenil, comunicação e evangelização

Juventude que acredita!
Segue-nos em

LECT'YO