“Lolo”: às portas da beatificação

0
0
0
s2sdefault
A Congregação das Causas dos Santos reconheceu o milagre atribuído a Manuel Lozano Garrido, “Lolo”, o jovem da Acção Católica, jornalista, paralítico e cego que morreu em 1971. Lolo ficou conhecido por ter vivido a alegria em meio a dor. Em sua vida escreveu de tudo: artigos de imprensa, contos, cartas, ensaios e, principalmente, livros. Teve a convicção de que o sofrimento era o caminho escolhido por Deus para ele.

O padre Rafael Higueras, postulador da causa de beatificação, esteve em Roma para recolher o veredicto dos cardeais sobre o milagre atribuído a Deus por intercessão de Lolo, experimentado por uma criança, hoje adulto e árbitro de ténis.

“Este milagre que foi aprovado por médicos, por teólogos e pelos cardeais por unanimidade é o que abre as portas à beatificação”. “Logicamente, o último passo será dado pelo Papa, se Deus quiser, aceitando o que os cardeais disseram”.

O postulador destaca as virtudes do futuro beato.

“Os perfis de Lolo são tão grandes como jovem, como secular, como jornalista, como enfermo durante 28 anos, paralítico total, cego 9 anos, devoto da Eucaristia, ardente, com uma piedade mariana, com um fogo nos anos de sua saúde. Um fogo apostólico nos bairros, nas prisões”.

A quase dois anos para o Dia Mundial da Juventude, o postulador da causa espera que “Lolo”, declarado “venerável” em Dezembro de 2007 pelo papa Bento XVI, possa ser já beato e um dos padroeiros do evento católico que se realizará em 2011 na Espanha:

“Creio que a figura de Lolo é tão actual que me imagino que entre os jovens de 2011 em Madrid pode ser um modelo e um grande amigo”.
icone redondo

Juventude que acredita!
Segue-nos em

LECT'YO

Copyright © Cristo Jovem  |  Powered by Wok Design