Segunda-feira XXIX do Tempo Comum

Evangelho Lc. 12, 13-21

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas


Naquele tempo, alguém do meio da multidão, disse a Jesus: «Mestre, diz a meu irmão que reparta a herança comigo.» Ele respondeu-lhe: «Homem, quem me nomeou juiz ou encarregado das vossas partilhas?» E prosseguiu: «Olhai, guardai-vos de toda a ganância, porque, mesmo que um homem viva na abundância, a sua vida não depende dos seus bens.» Disse-lhes, então, esta parábola: «Havia um homem rico, a quem as terras deram uma grande colheita. E pôs-se a discorrer, dizendo consigo: 'Que hei-de fazer, uma vez que não tenho onde guardar a minha colheita?' Depois continuou: 'Já sei o que vou fazer: deito abaixo os meus celeiros, construo uns maiores e guardarei lá o meu trigo e todos os meus bens. Depois, direi a mim mesmo: Tens muitos bens em depósito para muitos anos; descansa, come, bebe e regala-te.' Deus, porém, disse-lhe: 'Insensato! Nesta mesma noite, vai ser reclamada a tua vida; e o que acumulaste para quem será?' Assim acontecerá ao que amontoa para si, e não é rico em relação a Deus.»

Palavra da salvação.


Lectio

O insensato prende-se aos bens terrenos, esquecendo-se das coisas de Deus. Esquece-se por isso de que não é o poder nem o dinheiro que lhe dará vida prometida de Deus mas o amor ao próprio Deus e ao próximo.

Meditatio

Mesmo sabendo que alguns bens materiais são precisos e que gostamos de alguns, tens noção de que isso não é de todo importante para alcançar a vida em Deus?

Oratio

Chegou a altura de conversares com Deus, abre-lhe o coração e fala abertamente com ele sobre aquilo que meditaste antes.

Contemplatio

Quando quiseres, termina este tempo de oração a partir da Sagrada Escritura, sabendo distinguir entre o que realmente importa e o que é supérfluo.

Marcações: Lect'Yo, Ano A

Imprimir

Cristo Jovem - Pastoral Juvenil, comunicação e evangelização

Juventude que acredita!
Segue-nos em

LECT'YO