Festival Jota: The Sun vêm de Itália atuar pela primeira vez em Portugal

Depois do concerto no Festival Jota, a banda italiana segue para o Rio de Janeiro

The Sun são uma banda de rock que vem de Itália. Nasceram em 1997 com o nome "Sun eats Hours" e produziram 4 álbuns independentes antes de assinarem contrato com a Sony Music Entertainment.

the-sun-festival-jota

No início do projeto a banda cantava em inglês e fez a primeira parte de concertos de grupos que dispensam qualquer apresentação: The Cure, The Offspring, Muse, The Vandals e Deep Purple, entre outros.

Em 2008, dá-se um ponto de viragem no percurso pessoal dos membros da banda e, consequentemente, nos objetivos e musicalidade do grupo. Fruto de um "despertar espiritual", o Francesco (voz), o Riccardo (bateria) o Matteo (baixo) e o Gianluca (guitarra) optam por deixar a sonoridade hard-rock-punk privilegiando conteúdos mais luminosos e espirituais.

Entre 2008 e 2010, os The Sun compuseram 30 canções caracterizadas por um olhar atento e reflexivo sobre a condição da juventude. A Sony Music gostou das novas opções da banda e decidiu investir na produção do novo álbum "Spiriti del Sole" (Espíritos do Sol), editado em Junho de 2010 e que entrou diretamente no Top 10 de vendas de álbuns digitais.

Em 2011 os The Sun tocaram em Belém num concerto a favor da paz e da destruição do muro que divide a Palestina de Israel. Participar neste evento foi importantíssimo para os membros da banda e consolidou o seu percurso de conversão.

Em 2012 editaram o álbum "Luce" (Luz) onde é ainda mais evidente a sua mensagem de esperança e atitude positiva perante a vida. As temáticas das canções abordam a sexualidade e o amor, a coragem, a gratidão, a família, a fé e o amor de Deus. Com este álbum realizaram vários concertos em Itália e regressaram a Jerusalém a convite do Patriarcado Latino de Jerusalém (arquidiocese da Igreja Católica em Jerusalém) onde tocaram durante duas semanas em hospitais, escolas e atl's.
Ainda em 2012 tocaram no 7º Encontro Internacional da Família, que teve lugar em Milão, perante o então Papa Bento XVI.

Em Fevereiro deste ano (2013) foram convidados pelo Cardeal Gianfranco Ravasi a tocar no Pontifício Conselho para a Cultura cuja assembleia plenária foi dedicada às "Culturas Juvenis Emergentes". Para além do concerto, puderam dar testemunho do seu percurso de fé e partilhar os dados que o vocalista Francesco Lorenzi recolheu de um inquérito lançado no seu blog (www.francescolorenzi.it) sobre o que atrai e afasta os jovens da Igreja.

Marcações: Festival Jota

Imprimir